Descubra três grandes inimigos da produtividade que não são óbvios

descubra três grandes inimigos da produtividade que não são óbviosExiste todo um discurso de que o trabalhador alemão ou americano é quatro vezes mais produtivo que o brasileiro. A maneira como o tema é colocado na maioria das vezes, é de que a culpa é nossa. Como se ficássemos procrastinando meio que por incompetência. Então, descubra três grandes inimigos da produtividade que não são óbvios.

Realmente o produtividade brasileira é baixa, mas o que muitas vezes se deixa de contar é que a culpa não é só da pessoa. Há muitos fatores estruturais na economia brasileira que contribuem para a baixa produtividade, como a educação deficiente, baixo investimento, má alocação de recursos, ambiente de negócios ruim, falta de inovação, só para citar os mais relevantes…

Isto não quer dizer que não se deva melhorar a produtividade pessoal? É possível sim aumentar muito a produtividade pessoal. É disso que se trata aqui

Descubra três grandes inimigos da produtividade que não são óbvios

O primeiro vilão são fatores estruturais na economia brasileira que contribuem para a baixa produtividade, como já mencionei.

O segundo inimigo é a sobrecarga de informações e muitas de fontes duvidosas. As famosas “Fake News” (notícias falsas). É uma guerra que tem que ser travada  diariamente para manter a nossa concentração e foco. Há um excesso de estímulos de todos os lado, que disputam a nossa atenção!

O terceiro vilão é o Excesso de interrupções ao longo de seu dia.

Poucas pessoas falam sobre isto

Estamos submetidos e expostos a tantas informações e distrações ao longo do dia, que é absolutamente necessário aprender a se defender, para que você possa proteger o seu foco e concentração. Sem isto, fica praticamente impossível ter um bom nível de produtividade.

E a informação que recebemos hoje em dia é fragmentada, em quantidades exorbitantes e de fácil acesso.

Nossa atenção é limitada

A atenção é um recurso cognitivo escasso e muito disputado. Quando sobrecarregada com oferta excessiva de informações, interrupções e multitarefas, podem gerar o chamado “Information Overload”, ou sobrecarga de informações. Existe até uma doença nova catalogada, a síndrome da sobrecarga de informação.

Ninguém é multitarefas, apesar de algumas pessoas insistirem que são. Nossa estrutura cerebral só permite realizar uma tarefa por vez. As chamadas pessoas multitarefas alternam com mais rapidez de uma tarefa para outra. No entanto, esta alternância diminui o foco e a concentração e, em última análise, a qualidade do trabalho.

Descubra pelo WhatsApp como ter uma Vida mais Vibrante!

Este contexto quase que incentiva a procrastinação, sem a pessoa sequer perceber o que está acontecendo com ela.  E aí, ela se sente mal, como alguém que não consegue entregar as tarefas no prazo ou a custa de muitas horas extras.

Se você vive este problema, um coach, especialmente o focado na alta performance e produtividade pode te ajudar a analisar o seu dia a dia. Ele será capaz de dar técnicas e ferramentas para você conseguir proteger a sua concentração e você poderá melhorar a sua produtividade e, talvez, venha a perceber que afinal você não é um procrastinador.

foto: NordWood Themes l unsplash.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *